Segurança da informação para laboratórios: proteja-se dos perigos virtuais

Os laboratórios lidam diariamente com diversas informações, principalmente com dados gerados pelo atendimento aos pacientes, incluindo o registro de dados pessoais, de coleta, observações do quadro clínico e resultados de exames.

Por se tratar de informações que exigem um alto grau de confidencialidade, a segurança da informação para laboratórios deve ser levada muito a sério, visando proteger toda a equipe, sistema interno e qualquer informação referente às pessoas atendidas no local.

Não se trata apenas de recorrer à medidas emergenciais e sim de implementar ações preventivas para evitar erros e se proteger da melhor forma possível dos perigos virtuais.

Veja como investir na segurança da informação para laboratórios:

  • Oriente e treine os funcionários do laboratório para identificarem riscos e utilizarem a internet de forma segura;
  • Mantenha o sistema de segurança e o antivírus sempre atualizados para conseguir barrar ataques que surgem cotidianamente em diferentes formatos;
  • Utilize um sistema firewall na rede corporativa com o objetivo de criar bloqueios entre a rede interna do laboratório e a internet;
  • Determine uma política para o uso das tecnologias, restringindo o acesso a determinados sites e o uso de pendrives pessoais;
  • Crie um documento contendo orientações e diretrizes para informar a política da empresa e, sempre que necessário, atualize os funcionários quanto às mudanças de conduta em relação à segurança da informação para laboratórios;
  • Faça periodicamente o Backup de dados. Utilize os recursos em nuvem e HDs externos para manter cópias de documentos, planilhas, dados dos pacientes, banco de dados de sistemas, resultados de exames, entre outros;
  • Realize o espelhamento dos servidores e discos, formando uma redundância de dados que permita o resgate das informações perdidas seja por falha humana, ataques ou problemas técnicos;
  • Elimine o hábito de contas compartilhadas e crie senhas de acesso únicas e mais complexas para cada um dos funcionários do laboratório. Dê acesso às informações de acordo com um perfil estabelecido;
  • Implemente uma solução de controle baseada nas funções de cada funcionário para evitar que dados sejam acessados indevidamente;
  • Adote um mecanismo de gestão de contas automatizado para desabilitá-las facilmente logo que funcionários forem desligados do laboratório, evitando o acesso e manipulação de dados por pessoas mal intencionadas;
  • Monitore cotidianamente o acesso a aplicativos e sistemas do laboratório;
  • Utilize um software de gestão integrado, onde seja possível cruzar informações de toda a unidade laboratorial para facilitar a tomada de decisão diante do surgimento de problemas e também otimizar os processos.

Clique aqui para conhecer o Easylab, nosso sistema de gestão para laboratórios diagnósticos.

A segurança da informação para laboratórios é muito importante, por isso deve receber a devida atenção por parte dos gestores e por toda a sua equipe.

Afinal, os riscos existem, os prejuízos podem ser elevados e os criminosos estão por aí, cada vez mais ativos e audaciosos.

Então evite erros, perdas e roubos: proteja seu laboratório dos perigos virtuais com medidas efetivas de segurança.

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário